Home > Arquivo > China faz soja cair

Arquivo

Arquivo

China faz soja cair

Brasil exportou apenas 6 das 21 milhões de toneladas de milho projetadas pela Conab na safra 2014/15

As notícias vindas da China estão dominando o mercado da soja. Ontem, as cotações do produto recuaram cerca de 20 pontos por causa de rumores que circularam nos bastidores da Bolsa de Chicago, dando conta de que os importadores asiáticos teriam cancelado embarques de soja dos Estados Unidos, com entrega programada para os próximos meses.

A quebra de contrato de importação da China estaria ligada a um aumento dos custos de produção da indústria de esmagamento do país, que diz estar com margens negativas por conta da valorização da matéria-prima. O cancelamento deve ser confirmado hoje pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, que divulga relatório semanal de exportações.

Como o mercado gosta de comprar boatos e vender os fatos, as cotações da soja recuaram para US$ 13,62 por bushel em Chicago. No Paraná, os preços da saca do grão repercutiram o tom negativo do mercado internacional, caindo 1%. De acordo com levantamento diário de preços realizado pelo Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria Estadual da Agricultura (Seab), a cotação média pratica nas praças paranaenses foi de R$ 56,33, contra R$ 56,93 do dia anterior.


      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU